Empório Sem Álcool: A Maior Variedade de Bebidas Sem Álcool

Blog


  • Posições para amamentar: saiba como evitar desconfortos

    Tags: dicas de amamentação
  • 8.01.2020

Lactantes, principalmente as mamães de primeira viagem, têm bastante dúvidas a respeito do momento da amamentação, principalmente em relação ao jeito mais adequado, a periodicidade e as maiores dificuldades que podem ser encontradas.

Não é para menos, esse momento é para lá de especial e ajuda a gerar uma conexão ainda maior entre mãe e filho.

Sendo assim, você não precisa se sentir deslocada por não saber tudo e, principalmente por ter algumas inseguranças — afinal, esse tipo de situação é completamente normal.

Por isso, resolvemos elaborar este artigo para falar um pouco sobre as melhores posições para amamentar o bebê (incluindo os que têm refluxo) e oferecer dicas que vão ajudar você nessa fase.

Vamos lá?

As melhores posições para amamentar

A posição mais recomendada para amamentar o bebê é sentada, de forma bem confortável, com o bebê virado de frente para você (barriga encostando com barriga). Assim, a cabecinha fica repousada no braço.

Para que a pega seja adequada, a boca deve ocupar toda a região da auréola (e não apenas o mamilo, como muita gente acha que é o certo). Caso ache necessário, utilize um travesseiro ou alguma almofada para acomodar melhor o bebê e evitar um esforço maior na região das suas costas.

Como amamentar deitada

Você também pode amamentar deitada. Para isso, ofereça sempre a mama que estiver mais perto do colchão. Dessa forma, você fica mais confortável, ainda mais se estiver cansada ou for o momento de uma mamada durante a madrugada, por exemplo. Não se esqueça de verificar se a pega foi feita corretamente, evitando rachaduras e outros problemas no mamilo posteriormente.

Como amamentar no sling

Se você estiver atarefada, precisando das mãos desocupadas, o pano porta-bebê é um excelente aliado. Nesse caso, basta aproveitar a posição na qual o bebezinho já se encontra e deixar que ele pegue a mama que estiver mais próxima.

Como amamentar de pé

Outra posição para amamentar o bebê é ficando de pé. Se você estiver cansada de ficar deitada ou sentada, pode fazer dessa forma. Nesse caso, é necessário deitar a criança no colo, colocando uma das mãos no meio das pernas para que ele fique mais firme e bem apoiado. Aqui, é um pouco semelhante à amamentação feita sentada na poltrona.

Dicas de amamentação

Para ajudar você a se preparar melhor para esse momento e evitar problemas, listamos algumas dicas que podem ajudar. Veja quais são elas nos tópicos a seguir.

Faça uma preparação antes de amamentar

Escolha o melhor local, que seja de preferência sem muitas interrupções e bem arejado. É importante que você relaxe e se conecte ao momento. A tensão e o estresse podem ser sentidos pelo bebê, prejudicando a experiência para ambos.

Fique atenta às necessidades do seu filho

Há bebês que precisam mamar com frequências maiores, enquanto outros têm menos necessidade de pegar o peito. É importante que você entenda esse ritmo e ofereça o peito nos momentos certos, evitando que ele fique com bastante fome — o que pode estressá-lo e afetar a amamentação.

Leve uma garrafinha de água junto

Guarde essa dica, pois certamente você sentirá sede durante o processo. Isso ocorre devido ao seu organismo sentir necessidade de repor o líquido perdido na hora de dar de mamar. Então, além desse momento, tome bastante água durante o resto do dia.

Faça retiradas caso estiver produzindo muito leite

Há mulheres que produzem bastante leite (mais do que o bebê precisa) e se incomodam com o líquido vazando nos intervalos nos quais não está amamentando. Se isso acontece com você, saiba que existe a opção de fazer a retirada — com bombas ou conchas próprias para isso, por exemplo.

Também existe a possibilidade de usar protetores para evitar manchas na roupa. Só não se esqueça de trocá-los com frequência e manter a região sempre limpa, seca e arejada (evitando, assim, uma possível candidíase).

Mantenha o seu repouso

Nos intervalos entre uma mamada e outra, mantenha-se descansada. Esse momento é bem cansativo (apesar de não parecer) e lembre-se que a sua tensão pode ser sentida pelo bebê. Além disso, qualquer esgotamento poderá afetar a produção de leite. Se necessário, não tenha vergonha em solicitar a ajuda de pessoas próximas.

Como amamentar bebê com refluxo

A melhor posição para amamentar bebê com refluxo também é motivo de bastante preocupação para as mamães. Porém, existem formas de minimizar o problema e os sintomas para o bebê.

Na hora de dar de mamar, é importante evitar que o bebê fique muito cheio. Portanto, é recomendado que você diminua os intervalos e aumente a frequência das refeições, fazendo com que elas sejam menores, mas em mais vezes durante o dia (e à noite).

Outro ponto muito importante é o tempo que precisa ser respeitado antes que a criança seja deitada, que é de cerca de uma hora. Caso contrário, o leite não começará a ser digerido e poderá voltar (o que acontece quando o bebê dá aquela golfada).

Na hora que for deitá-lo, deixe-o com a cabecinha um pouco mais elevada que os pés. Essa estratégia também ajuda a evitar que o leite volte. Por fim, sempre coloque o bebê na posição de barriga para cima, a fim de evitar o aumento da pressão nessa região (um agravante para o problema do refluxo).

Grávidas e lactantes podem beber?

Outra dúvida que surge bastante entre grávidas e lactantes é em relação ao consumo de bebidas alcóolicas. As recomendações médicas, no geral, são de evitar a ingestão. Afinal, as consequências disso envolvem prejuízos para a saúde do feto e do bebê (já que o álcool pode ser passado pela placenta e também pelo leite na hora da amamentação).

Se você gosta de saborear um vinho ou uma cerveja, pode optar pelas versões sem álcool dessas bebidas, desde que o consumo seja feito de forma moderada. Assim, você mantém um hábito que te satisfaz, ao mesmo tempo em que não coloca o seu filho em risco.

A posição correta para amamentar bebê e todas as outras questões que envolvem esse momento dependem do que fica mais confortável e melhor para você e o seu filho. Afinal, de nada adianta ter várias recomendações se nenhuma delas funciona bem na prática, não acha?

Gostou deste artigo? Então, aproveite os comentários para compartilhar suas experiências e opiniões sobre o assunto conosco. Participe da conversa!

 

...

RECEBA OFERTAS

Fale Conosco pelo WhatsApp
Visual e-commerce